Pai e madrasta acusados de matar menina de 2 anos são condenados a mais de 25 anos de prisão em Água Boa

Notícias / Polícia 5 Mar 2018 - 08:01 Pai e madrasta acusados de matar menina de 2 anos são condenados a mais de 25 anos de prisão em Água Boa O crime ocorrido em 2016 chocou a população das duas cidades, os acusados foram presos em Água Boa.

Por Leandro Kervalt - Agência da Notícia 05/03/2018 - 17:42 hs

O julgamento dos acusados de homicídio da pequena Maria Eduarda Santos de Sousa ocorrido no ano de 2016 em Primavera do Leste, aconteceu nesta última sexta-feira, (02), no município de Água Boa. 

O julgamento do casal Lenilson Barbosa de Souza e Katia Cristina de Almeida Lopes ocorreu na comarca de Água Boa. Ele foi condenado à pena de 25 anos e nove meses de prisão e ela à pena de 25 anos e seis meses de prisão, em regime fechado. O crime chocou a cidade de Água Boa e Primavera do Leste pela crueldade e frieza dos acusados.

Sobre o caso: 

A vítima que possuía 2 anos na época, foi achada morta pelos Policiais Civis de Primavera do Leste, dentro de uma caixa de papelão, na mata aos fundos do bairro São Cristóvão. O pai e a madrasta da criança foram presos no município de Água Boa, suspeitos de envolvimento na morte da menina.

A Divisão de Homicídios enfatiza a importância dos trabalhos investigativos na Polícia Civil, para que resultados como esse ocorram no futuro e assim continuam os trabalhos do referido departamento no mister de se fazer acontecer a Justiça. Agradecemos ainda a participação da sociedade.