O maior peixe de água doce fisgado pelo Terra da Gente foi no Araguaia

Em sete dias de sol escaldante navegando pelo rio Araguaia, Eduardo Sozo conseguiu fisgar a maior espécie de peixe da América do Sul. Após mais de uma hora de luta e esforço, o repórter tirou da água uma piraíba fêmea de 2,18 metros de comprimento, com cerca de 140 quilos e idade estimada em 40 anos.

Por G1 MT 16/07/2017 - 20:25 hs

A jornada de pescarias do Terra da Gente teve um ano marcante em 2009. Em sete dias de sol escaldante navegando pelo rio Araguaia, Eduardo Sozo conseguiu fisgar a maior espécie de peixe da América do Sul. Após mais de uma hora de luta e esforço, o repórter tirou da água uma piraíba fêmea de 2,18 metros de comprimento, com cerca de 140 quilos e idade estimada em 40 anos.

A piraíba pode atingir três metros de comprimento e pesar até 200 quilos. Conhecido como tubarão do rio pela semelhança de tamanho, formato do corpo, nadadeiras e cor da pele, o peixe é raramente encontrado, pois sofre com a pesca predatória. Além disso, é um peixe migratório, o que dificulta ainda mais a busca.

O maior e mais desejado troféu dos pescadores esportivos atrai a cada ano cerca de 18 mil pescadores para o trecho do rio Araguaia, entre Aruanã e Luiz Alves.

A briga entre o repórter e o gigante do rio durou mais de uma hora. Foram necessárias três pessoas para segurar o reforçado equipamento de pesca. Mesmo com linhas de um milímetro de espessura e anzol 10/0, o barco foi arrastado por aproximadamente dois quilômetros até que o peixe fosse embarcado.

Para o repórter, o momento de devolver a piraíba ao rio foi de festa e reflexão. “É nessas horas que percebemos ainda mais a nossa responsabilidade na conservação de recursos naturais tão preciosos”, diz Sozo.

Ainda hoje, o feito é o recorde do programa, quando se trata do maior peixe de água doce fisgado pelas equipes de jornalismo da EPTV.